Minha licença está acabando e antes de voltar a labuta diária, Biel vai começar na creche. Mais precisamente dia 19/8 começa a adaptação. Colocando a tristeza de lado (ou pelo menos tentando, né?) estou concentrando meus esforços em tirar leite para estocar para enviar para ele.

A verdade é que eu deveria ter começado mais cedo, mas marido tirou férias em julho, nossa programação foi intensa e passamos a última semana viajando. Esta semana a programação social e a resolução de pendências está alta por aqui, só estou ordenhando de manhã e de noite.

150mlLM

No domingo, primeiro dia consegui tirar 120ml logo de cara, completei os 150ml no dia seguinte ao acordar. Na segunda a noite consegui tirar 90ml e completei os 150ml na terça de manhã. Terça a noite ordenhei os dois seios depois do Biel mamar e só consegui tirar 20ml!!! Na segunda mamada da noite (às cinco da manhã de quarta – hoje) consegui tirar mais 70ml para juntar.

Ou seja, comecei domingo toda animada com a produção, mas ela veio caindo… Claro, que eu tenho que considerar que estou exigindo mais do meu corpo, né? Porque isso que estou tirando é extra, a livre demanda continua por essas bandas de cá.

Pelo o que andei pesquisando o cálculo é 25ml por quilo do baby. Se Biel seguir a média de engorda dos últimos meses, ele deve estar com 7,5kg, o que dá 175ml por mamada.

Mas, porém, contudo, todavia … confesso que está batendo um desespero. Quero muito conseguir completar os seis meses exclusivo de aleitamento materno e continuar com a amamentação depois desse período – mas claro, com introdução de alimentos. Minha ideia, mesmo depois dos seis meses, é enviar meu leite em menor quantidade para creche para ser oferecido ao longo do dia.

Ontem fui na creche conversar com a coordenadora pedagógica e com a nutricionista. Ambas concordaram em dar o meu leite como alimento exclusivo até os seis meses, foram super a favor, mas a nutricionista veio me preparar para caso não der certo sobre a possibilidade de introduzir alimentos na dieta dele antes dos seis meses. Não quero, sabe? quero ser capaz de produzir o leite para alimentar meu filho… Enfim, to triste com tudo isso… to confusa.

Entrei em grupo de apoio a amamentação no facebook, mas é tanta postagem, não consigo acompanhar e o meu toque por ler tudo está me deixando louca! Sei que existem algumas coisas que ajudam aumentar a produção de leite (homeopatia, alguns medicamentos, acupuntura). Pensei em recorrer a eles nesse inicio até o meu corpo se ajustar a minha nova demanda (a do Biel e a da ordenha), mas fico com medo do meu corpo se tornar dependente desses artifícios. São tantas dúvidas, tantos medos… ai ai.

Share: