Depois do teste de farmácia, era a hora de fazer o beta HCG – exame de sangue para ver a dosagem hormonal. No dia seguinte da descoberta, fiz o exame com meu pai, que é farmacêutico especializado em exame hormonal. Chegando lá, coletaram o meu sangue e entregaram para ele. O primeiro exame foi o qualitativo, que é bem similar a um teste de gravidez de farmácia. O teste deu super positivo e meu pai partiu para a dosagem hormonal. Sai de lá ultra-mega-felizinha e fui para o trabalho. Uma hora e meia depois meu pai me liga e diz que a dosagem hormonal estava dentro do esperado, mas um pouco baixo para a quantidade de tempo que eu estava esperando. Ainda tinha outro resultado para sair, o da progesterona. Fiquei tensa!

Passou mais um tempo, meu pai me liga e diz que minha progesterona estava super alta, ou seja, um ótimo sinal. Pediu que eu voltasse no outro dia de manhã para acompanhar a evolução da dosagem hormonal. De dois em dois dias, essa dosagem hormonal tem que pelo menos duplicar. Ou seja, se a primeira dosagem foi ex. 300, dois dias depois tem que dar pelo menos 600.

Teste de gravidez

Comparação dos testes qualitativos, reparem na intensidade das listras!

Fiquei muito mais aliviada, mas no dia seguinte estava no laboratório de novo para refazer o teste. Fiz e fui para a minha primeira consulta com o obstetra. Antes de entrar na consulta, meu pai me ligou e simplesmente a taxa quase dobrou em um único dia! Maravilha de resultado! Me senti muito mais aliviada e tranquila, agora é acompanhar com carinho esse primeiro trimestre e torcer para tudo correr bem (:

Share: