Barriga de grávida

Acompanhamento semanal da gravidez

Semana passada fiz o curso de gestantes lá do trabalho, foi muito bacana! Aos poucos vou compartilhando o que aprendi. Já tem post sobre amamentação e higiene bucal. Continuo na saga do enxoval, esta semana recebi dicas iluminadas sobre quantidades de roupas! E estou bem perto do fim, apesar de achar que o fim vai ser só quando eu comprar tudo rs

Por falar em roupa, acho que a metade das minhas roupas não cabem mais em mim. Sempre gostei de comprar vestidos acinturados e esses foram os primeiros a não caber. Já dei algumas roupas para as minhas irmãs e as outras guardei numa mala. Genthy é uma tristeza ter que experimentar roupa na véspera, porque de manhã é uma correria para sair para trabalhar e não posso perder tempo.

Aproveitei a onda e comprei extensores de calça e aquelas faixas de grávida. Comprei na quarta e chegou no sábado. Ainda tenho uma calça jeans que cabe em mim e não queria comprar calça jeans de grávida agora, porque tenho a leve impressão que meu quadril e minhas pernas vão aumentar mais. Por isso, enquanto der para usar o que tenho melhor!

No dia que em que minha afilhada nasceu, fiquei muito tempo em pé na maternidade e comecei a sentir uma ardência nas laterais da minha coxa. E de lá para cá, basta eu ficar um pouco mais de cinco minutos em pé sem andar para começar a sentir a ardência. Tem gente que diz que é nervo ciático, tem gente que diz que é varize. Eu acredito mais na hipótese da varize (tendência por parte de pai e mãe) e por isso agendei logo um angiologista, mas só vou na outra semana. Tentei comprar uma meia kendall para aliviar enquanto o dia da consulta não chega. Fui linda e faceira na farmácia e pedi:
– “uma meia kendall por favor”.
Aí a atendente rebate: “alta, média ou de baixa compressão?”
– “ihhh, suave, né? enquanto não vou no médico”
– “Qual tamanho da sua panturrilha e tornozelo?” 
– “Ihh não sei” 
Voltei para casa sem a meia e decidi que vou esperar a consulta com o médico.

Também comecei a sentir pressão baixa se fico muito tempo (leia-se mais de quatro horas sem comer).

Na última terça, senti pela primeira vez o Biel dar um chutinho, bem de leve. Sei que posso me arrepender disso no final da gravidez quando ele estiver sem espaço e começar a chutar minhas costelas, bexiga e por aí vai… mas estou ansiosa para sentir ele mexer MESMO! hehehhe

Ontem (domingo) levei Biel a praia. Caminhamos por uns vinte minutos na beira do mar, molhei a barriga com a água salgada, tomamos um côco e voltamos para casa. No início estava receosa de ir a praia por conta do risco de toxoplasmose. Sei que existe o risco de pegar por conta da areia, mas conversando com uma amiga que é médica ela falou que o risco é maior para criança porque coloca areia na boca e tal. Bem, como não tenho esse costume rss

Share: