Browsing Tag

Fotografia

Mesaniversário: 11º mês

Bebê | Criança By 17 de julho de 2014 Tags: , , No Comments
montagem-11meses_BLOGmaisju

Décimo primeiro mesaniversário

Bem, não faz muito sentido escrever grandes coisas sobre o décimo primeiro mês de vida do meu pequeno… já passou muito tempo, mas queria deixar registrado seu décimo primeiro mês de vida, a fase em que ele está. Além, claro do seu peso e altura.

Meu pequeno neste ponto de sua vida só queria saber de chão, mas ainda só engatinhando. Nada de andar… Andar só se apoiando nos móveis. O que tornou sair com ele um pouco complicado. Imagina sair com um baby lindo, limpinho, cheirosinho e na primeira oportunidade ele se tacar no chão para engatinhar. E quando eu digo chão, é QUALQUER chão. Pode ser o da sua casa, mas pode ser o da rua também, de um restaurante, boteco… Legal, né? #SóQueNão

Confesso que prefiro um recém-nascido que fica plugado no peito vinte e quatro horas do que um bebê nesta fase… risos. Como desejei que essa fase passasse logo e ele começasse logo a andar. Sério.

Biel completou onze meses pesando 9,4kg e medindo 74cm.

Share:

373 dias de amamentação

Amamentação, Bebê | Criança By 26 de março de 2014 Tags: , 7 Comments
Mãe amamentando

Amamentação

Ontem postei no instagram essa foto no instagram com um breve textinho. Três  motivos me motivaram a postar, primeiro pelo fato de ter alcançado a minha meta pessoal de amamentar o Biel por pelo menos um ano – semana passada minha delícia completou um ano de vida. Em segundo, porque estou muito gripada, e desde que ele nasceu eu já fiquei gripada algumas vezes e já peguei uma virose braba. E Biel passou ileso a tudo…  E terceiro, mas não menos importante, é porque acho que falta apoio e informação a mãe que amamenta ou a gestante que quer amamentar.

Foi um ano de amamentação em livre demanda. O começo não foi fácil, seio machucado, muita dor para amamentar, Biel queria ficar acoplado em mim muitas horas do dia – alguns dias chegavam a quatro horas direto, sem sair. Paciência e doação total são as palavras que me marcaram neste período – além do amor incondicional.

Com o tempo, tudo foi se ajeitando e fomos vencendo pequenas etapas. Primeiro o medo de não ter leite, de não conseguir, de não gostar do ato de amamentar. Depois de conseguir completar os seis meses de amamentação exclusiva. Com a introdução alimentar, dele perder o interesse ou de abandonar o peito por conta da mamadeira. A cada etapa vencida era um alívio e a cada vez que sentia o leite descendo e o seio cheio de leite me sentia e me sinto plena.

Nunca quis fazer amamentação prolongada por mais de dois anos, mas já que alcancei a minha primeira meta, me proponho uma nova: até 18 meses. Acredito fielmente que estou proporcionando ao meu filho mais do q um complemento de vitaminas e enzimas, estou passando meus anti-corpos, imunizando ele. Além do valor nutricional, tem o aconchego emocional… Que alimenta nós dois <3

Share:

Mesaniversário: 10º mês

Bebê | Criança By 18 de fevereiro de 2014 Tags: , 10 Comments
montagem_10M_blogMaisJU

10º mesaniversário

Esse foi o mês das novidades fofoléticas! Biel aprendeu a mandar beijo, estalar a língua no céu da boca, imitar bichinho franzindo o nariz. Impossível não morrer de amores… Ele já dá tchau tem um tempinho, mas esqueci de contar nos últimos posts.

Viramos o ano com dente nascendo e a crise de ansiedade da separação bombando por essas bandas. Um pequeno caos foi instaurado. As noites foram difíceis, na verdade ainda estão sendo. Ele acorda para mamar e não quer sair do meu peito nunca mais… quer ficar agarrado comigo. Por conta disso, tem sido difícil também manter a sanidade mental. Privação de sono é complicado, ainda mais quando temos trabalho no dia seguinte e outras preocupações como procurar uma casa para morar. Acho que tenho dormido menos de 5h por noite.

Biel chora quando não está comigo, e se estivermos no mesmo cômodo, só serve se estiver no meu colo. E quando digo no colo, é no colo mesmo, não serve ao meu lado. Muitas vezes não consigo deixar ele com o pai, ou outras pessoas para fazer as tarefas domésticas… sem que seja necessário uma ginastica/ estratégia, tenho que brincar de esconder, ou distraí-lo e sair de fininho. Amo muito meu filho, mas isso tem me estressado. Algumas vezes isso não adianta e tenho que me afastar mesmo assim. Vocês não fazem ideia de como o choro de um filho pode estressar uma mãe.

Num desses dias, pude me dar o luxo de leva-lo na creche (função que normalmente é do marido) e ao chegar lá pela primeira vez chorou e não quis sair do meu colo. A tia precisou distraí-lo, mostrar um brinquedo novo para ele aceitar sair do meu colo.

Bem, deixando meu mimimi de lado, eu se que isso é uma fase e daqui a pouco passa… Sei que esse é o momento dele ser dependente e de ganhar muito colo, mas por mais Poliana que eu seja, tenho que ser realista e aceitar os meus limites e minhas falhas como mãe.

Enfim, ele ta super falante! Claro, na língua dele! Mas já reconhece o significado de algumas expressões que eu falo. Já dá passinhos, mas ainda com as mãos apoiadas, não quer saber de ficar deitado para trocar fralda, estou fazendo curso intensivo de mãe-ninja para trocar fralda em movimento – um dia chego lá!

Esse mês achei que ele fosse emagrecer, porque no dia que completou dez meses pegou uma gastroenterite na creche. Vomitou algumas vezes e ficou com diarreia por alguns dias, mas não… o danadinho ganhou bastante peso e agora já está usando fralda G! A consulta aconteceu em 23/01. Biel está pesando 9,040kg e está com 72cm.

Share:

Mesaniversário: 9º mês

Bebê | Criança By 14 de janeiro de 2014 Tags: , 9 Comments
montagem_nonomes_maisju_bai

Nono mesaniversário!

Post mais do que atrasado do nono mesaniversário (completados em 18/12/13), mas além do período festivo (confraternizações, amigos-oculto,  natal, ano novo) estamos procurando apartamento para mudar. E achar algo habitável, com planta boa, vaga de garagem e com valor acessível é difícil minha gente. Então, o negócio é gastar a sola do sapato pelo bairro. Sem contar que procurar com um baby exige um ritmo mais devagar, né?

Se do sétimo para o oitavo mês, Biel engatinhava pela casa toda, o nono mês é marcado pela descoberta de ficar em pé. É um tal de sentar/levantar/engatinhar e levantar de novo! Cansa só de ver!

Marido viajou a trabalho por onze dias e sentiu muita diferença quando voltou! Biel está muito mais ativo! Dorme menos durante o dia e não para um segundo se quer! Agora, sair para almoçar/ jantar com ele é difícil porque ele não quer ficar mais paradinho em um único lugar, ele quer explorar tudo ao mesmo tempo e agora.

A tia da creche também percebeu essa mudança. Ele não para um segundo! Mas ao mesmo tempo, ela não falou isso num tom de reclamação, pelo contrário, ela disse que com ele não tem tempo ruim, mas que ela fica impressionada com a agitação. Pega um brinquedo, levanta, senta, engatinha, fala com um amigo, ai engatinha mais um pouco, pega outro brinquedo. Vai buscar o amigo que chega na porta da sala hahaha fofo demais!

Com essa agitação toda, essa curiosidade por tudo e todos, está cada vez mais difícil tirar as fotos! Nos outros meses as fotos eram tiradas com ele deitadinho, essas já não são mais deitadas. Deitar é só para dormir, senão reclamar, foge, se vira, sai engatinhando… tipo assim: “ô manhê já só grande, né? ficar deitado é coisa de bebê”

Biel anda batuca em tudo que vê, percebendo seu lado musical separei para ele algumas latas de panetone! hahha virou seu novo brinquedo preferido! Ah, ele também está falando pelo cotovelo… a língua dele, mas nada concreto, nenhuma palavra, mas fala, gesticula. Muito engraçado.

Por conta desse gasto calórico intenso, aumentei a quantidade de comida a noite, quando chega da creche. Biel é bom de colher hehehhe só fica chatinho para comer se está dodói ou quando tem dente nascendo.

E por falar em dente… Nesse mês nasceu mais um. O primeiro de cima! E sinto que vai nascer outro em breve!

Este mês Biel não ganhou peso algum, ou é melhor ganhou 10g. No entanto, cresceu 2,5cm! A consulta aconteceu em 19/12. Biel está pesando 8,3010kg e está com 70,5cm.
ps. prometo que o próximo post (de dez meses) não vai demorar tanto assim =P

Share:

Batizado Biel

Bebê | Criança By 8 de janeiro de 2014 Tags: , 10 Comments

O batizado da minha delícia aconteceu no dia 9 de novembro de 2013, no mesmo dia que o avô materno fez aniversário. Queria ter feito uma festa grande, chamado familiares, padrinhos de casamento e amigos, mas minha casa não comporta e o play do meu prédio não possui infraestrutura e é horrível. Sendo assim, acabei chamando apenas os familiares mais próximos, os padrinhos do Biel (óbvio rs) e seus respectivos! Uma amiga fotografou a igreja, depois seguimos aqui para casa onde rolou um pequeno brunch.

Não tenho fotos profissionais aqui de casa, mas tenho as da igreja, vamos conferir ;P

IMG_8170

IMG_8193

IMG_8200

IMG_8215

IMG_8219

IMG_8282

IMG_8288

IMG_8292

IMG_8294

IMG_8332

IMG_8373 (2)

IMG_8445

IMG_8437

 

– queria fazer um agradecimento a amiga Danee que parou sua licença maternidade para fazer o bolo do batizado, não só fazer, como nos presentear! Obrigada!

Bolo_batizado_granuladochic

Bolo de batizado

De lembrancinha, a madrinha Angélica preparou uma caixa recheada de trufas.

lembrancinha_batizado

Lembrancinha de batizado

Share:

Relato de parto – parte 4

Amamentação, Bebê | Criança, fotografia, Gestação, parto natural, Relatos de parto By 18 de dezembro de 2013 Tags: , , , 38 Comments

Relato de parto – parte 1
Relato de parto – parte 2
Relato de parto – parte 3

Última parte do relato de parto, depois desse post faltará apenas as minhas considerações finais. Esse post termina com o Biel em meus braços, mamando em sua primeira hora de vida. Para os ansiosos ou para quem chegou aqui pela primeira vez, tive um parto natural (livre de qualquer tipo de intervenção), na qual o respeito, o carinho estiveram presente em todos os momentos. Biel nasceu às 6:06am do dia 18 de março de 2013 com apgar 9/10, 52cm e 3,475g de muita gostosura.

Mesmo focando minha energia na respiração e contração, Biel terminava a descida no canal vaginal de forma lenta. A esta altura as contrações eram as mais dolorosas, duravam mais tempo e os intervalos eram menores. Neste momento, Dra. Fernanda falou: “ao invés começar a fazer força no início da contração, espera ela ficar bem forte, aí sim faz força, com uma série de respirações seguidas, continuando até o final da contração”. Mal comparando, como se eu fosse surfista, que ao invés de ficar em pé na prancha logo no início da onda, espera o momento exato de levantar para aproveitar ao máximo a força do mar.

Este é um momento do TP que você acha que não vai acabar nunca. Você dúvida do seu corpo, você encontra os seus medos e neles você tem que buscar força para sair dali e parir seu filho. Nessa hora, o apoio do meu marido e da equipe que escolhi foram fundamentais. Pois quando você duvida de você mesma, eles acreditam e te passam a certeza e a segurança de que está tudo no caminho certo.

Kira, com suas doces palavras, me falou em uma das contrações: “se entrega, lembra que a contração é sua amiga, é ela que trará o seu bebê para você”. Fernanda complementou: “chegou aquele momento que conversamos diversas vezes nas consultas, chegou o momento em que você tem se jogar do paraquedas”.

Absorvi aquelas frases e em pouco tempo meu corpo processou as informações. Decidi parir. Uma força tomou conta do meu corpo, eu me concentrei ainda mais na contração. De vez enquando eu chamava pelo meu filho. Num dos intervalos entre uma contração e outra, Dra. Fernanda comentou: “vamos Ju… falta pouco, estou vendo ele… sente seu filho, coloca a mão na cabeça dele”.

Lembro que estiquei meu braço receosa, sempre tive um certo nervoso desta cena, mas era meu filho nascendo, era o momento de vencer todas as minhas barreiras, medos e frescuras. Toquei sua cabeça, seus cabelos, aquilo me deu força para continuar. Eu já não aguentava mais, nesse momento veio mais uma contração e de fato sua cabeça começou a sair. Foi a maior dor da minha vida. Sensação de que de fato tinha algo me rasgando ou de uma forma poética, matando aquela a velha Júlia, para nascer uma nova. Nessa hora eu gritei com a Dra.: “Fernanda, o que você está fazendo? tira a mão daí”.

A sensação que eu tinha, é que ela estava com a mão dentro de mim. Eu lembro com muita lucidez desta hora. Ela, calmamente, quase sorrindo, respondeu: “Ju, não estou te encostando, é o seu filho saindo”. Ao mesmo tempo ela levantou as mãos para o alto, como se quisesse comprovar que não estava encostando um dedo se quer em mim.

A contração foi embora e Biel estava no meio do caminho, a dor era insuportável. Lembro de ter pedido um pouco de água para molhar a minha boca enquanto não chegava a próxima contração. Esses momentos finais são um pouco confusos em minha cabeça. Em mais uma ou duas contrações, fazendo força e sentindo a maior dor física da minha vida, Biel nasceu, às seis e seis da manhã de uma segunda-feira chuvosa de março.

Ele saiu de dentro de mim, sem chorar e veio imediatamente das mãos da Dra. Fernanda para o meu colo e ali ficou por mais de uma hora. Segundo meu marido, ele veio para o meu colo, de olhos abertos, me olhando. Meus olhos encheram de água, mas eu não chorei. O amor mais lindo e puro estava em meus braços e chorar deixaria minha visão turva.

Ficamos ali, os três abraçados, meio sem jeito, sem acreditar em tudo que tínhamos vivido nas últimas horas. Kira registrou o momento com algumas imagens. Após o cordão umbilical parar de pulsar, Rodrigo o cortou.

MAISJU_NASCBiel2

Biel ainda ficou no meu colo, tentando mamar, cheirando, lambendo, mamando e descobrindo o mundo. Depois de parir o meu filho, tinha que parir a placenta, que por sua vez, estava apegada e não queria sair. Foi necessário uma força tarefa: Biel mamando, Kira fazendo massagem, acupuntura, Fernanda tentando soltar a placenta. Depois de uma hora e aos poucos, ela saiu.

MAISJU_NascBiel

Depois que a placenta saiu, Kira, Rodrigo e a pediatra neonatal levaram Biel para o berçário para os procedimentos padrão. E eu fiquei com a Dra. Fernanda e uma enfermeira na sala de parto. Biel nasceu às 6:06, mas antes das oito da manhã, nós três já estávamos no quarto.

ps. no próximo post, algumas considerações finais, impressões e notas mentais para a próxima gravidez.

Share:

foto com papai noel

Bebê | Criança By 13 de dezembro de 2013 Tags: , 5 Comments

Primeiro ano de vida, primeiro Natal. Ano passado estava tão cansada com a gravidez que nem arrumei a casa para o Natal, este ano isso não podia se repetir, né? Primeiro ano do Biel, queria que ele tivesse a experiência desde cedo de curtir a decoração natalina, ver o papai Noel e fosse envolvido por toda mágica desta época do ano. Decoração de Natal “ok”, faltava levar o filhote para encontrar o bom velhinho.

NATALmaisju_BS2

body especial de natal #S2

Combinei com a Danee, fizemos enquete com as outras amigas-mães e escolhemos o papai Noel mais bonito e fomos lá num domingo de tarde, logo depois do almoço para não pegar fila. E de fato, se ficamos dez minutos no total, foi muito!

Biel foi lá, tirou a foto, distribuiu sorrisos para as ajudantes, para o fotógrafo, as ele ainda não tem noção do que é papai Noel, né? É muito pequenininho para entender o que estava acontecendo, mas valeu a experiência!

Confesso que não gostei da foto oficial que foi tirada (preferi muito mais a minha que tirei com o celular). O enquadramento da foto oficial foi péssimo. O rapaz que tirou a foto foi super simpático, tinha uma super paciência, fazia todas as crianças rirem para foto, maaaas ele não devia ter conhecimento de fotografia/ enquadramento.

natalMaisJu_BS

Share:

Arte para babies

Bebê | Criança By 10 de dezembro de 2013 Tags: , 7 Comments

Sábado passado foi dia de museu e de arte, bebê! Sim, isso mesmo! O MIAN – Museu Internacional de Arte Naïf do Brasil – surgiu com uma proposta de visita guiada para nenéns a partir de três meses. Durante a visita, os babies passeiam por algumas salas do museu até chegar na obra que será “trabalhada” naquele dia. Em uma das salas é possível tocar nas obras com suas mãozinhas e pézinhos, possibilitando sentir novas texturas e ver de perto as cores fortes tão características da arte Naïf.

Para fechar a visita, em frente a obra que sera trabalhada naquele mês, eles colocam um tapete estendido no chão com alguns brinquedos diferentes (ex. caixa de ovo, saquinho de filó com sementes e cereais variados, pedaços de tecidos, fitas), que tem o objetivo de instigar a imaginação dos babies e aguçar seus insitintos com sons e ainda mais texturas diferentes. Tudo isso acontece por meia-hora/quartenta minutos, porque nenhuma atividade prende a atenção deles por muito mais tempo que isso.

Vamos ilustrar esse post? algumas fotos do dia =D

Biel olhando curioso para Antoninho!

Biel olhando curioso para Antoninho!

       IMG_4304IMG_4286IMG_4289

Parte final da visita, sentadinho no tapete, com brinquedos diferentes para estimular todos dos sentidos e musica <3

Parte final da visita, sentadinho no tapete, com brinquedos diferentes para estimular todos dos sentidos e musica <3

Depois da visita, no café orgânico que tem atrás do museu e que tem um espaço bacana para os babies brincarem =D

Depois da visita, no café orgânico que tem atrás do museu e que tem um espaço bacana para os babies brincarem =D

Foi um passeio bem agradável e diferente, acho que vale muito a pena agendar uma visita. Quem tem criança em casa sabe como eles são curiosos por coisas e atividades diferentes. Seria tão legal se outros centros culturais tivessem essa ideia, por ex. eu queria levar o Biel numa exposição no CCBB que possui instalações lindas, mas está sempre tão cheia, que eu acho que tenho medo do tumulto incomodar ele.

Serviço:
Custo: R$10,00 por bebê (um acompanhante de graça, o segundo paga R$12)
Local: Museu Internacional de Arte Naïf do Brasil
Rua Cosme Velho, 561 – RJ.
Capacidade: até 10 bebês por visita
Inscrições antecipadas por tel.: 2205-8612

Share:

Mesaniversário: 8º mês

Bebê | Criança By 4 de dezembro de 2013 Tags: , 10 Comments
montagem8mes_blogMAISJU

Oitavo mesaniversário

Oito meses da minha delícia deliciosa!

No mês anterior, Biel já se arrastava pela casa. Pequenas distâncias, mas se arrastava. Agora, ele engatinha minha gente! Logo depois que passou o rotavirus, voltou a ficar mais animadinho, começou a se aventurar a explorar novos lugares da casa. Obviamente ele engatinha atrás de mim pela casa e atrás de tudo que não deve ser colocado na boca, como chinelo e fios. Preciso colocar ontem uma portinha vetar a passagem dele para cozinha e para varanda.

Este mês batizamos a nossa delícia. Fiz um brunch depois do batizado, foi um evento pequeno, só para familiares próximos e os padrinhos do Biel. A nossa ideia inicial era até chamar os nossos padrinhos de casamento, família, amigos, mas a nossa casa não comporta tanta gente e o nosso “play” não tem infraestrutura para receber pessoas. Contratamos uma amiga para fazer as fotos do batizado, estou super ansiosa para ver!

Esse mês precisei abaixar o berço dele. Para o meu desespero, numa acordada noturna, vou pegá-lo na cama e ele estava lá, em pé. Claro que não abaixei o berço naquela hora,né? Mas foi a primeira coisa que fiz no dia seguinte quando cheguei em casa. Baixei para segundo furo, mas já estou vendo que em breve (muito breve) terei que baixar para o último furo.

Finalmente conseguimos conciliar a nossa agenda de compromissos com o tempo bom aqui no Rio de Janeiro, curtimos uma praiana delícia – veja neste post! Ansiosa para levar meu pequeno outras vezes na praia e marcar com amigas que tem filho da mesma idade! Aí a farra vai ser ainda maior!

A introdução alimentar continua forte por aqui, Biel aceita bem as comidinhas, faz cara feia no início, mas come tudo. Aos poucos consegui entender/ aceitar a IA como uma aliada e vi que na verdade ela não vai acabar com o nosso momento amamentação… Enfim, esse papo rende um post, contei com mais detalhes aqui. hehehe

Esqueci de dizer no post do sétimo mês que nasceu um dentinho e agora já temos DOIS! Vide foto acima hehehe

Este mês Biel voltou finalmente a ganhar peso! Passou dos oito quilos! A consulta aconteceu em 18/11 e neste mês Biel cresceu 1 cm e engordou 500g. Biel está pesando 8,300kg e está com 68cm.

Share:

Primeira vez na praia!

Bebê | Criança By 19 de novembro de 2013 Tags: , 7 Comments

Ele já tava liberado desde os seis meses, mas aconteceu gripe, depois rotavirus, depois tempo ruim e compromissos. Não conseguiamos casar um dia de tempo bom e nada para fazer. Até … a última sexta! Acordamos cedo e 8:30am estávamos na praia nós três e a tralha toda. Sim, a tralha! Toalha, fralda descartável, roupa seca, protetor solar, piscina, bomba para encher piscina (que foi a sensação da praia), brinquedos, baldinho, cadeira de praia, canga, câmera, etc.

Ao todo ficamos um pouco mais de uma hora e meia. Biel chegou dormindo, então enquanto marido enchia a piscina com a água do chuveirão da praia, abria a barraca e arrumava as coisas ele tirou um cochilo. Estranhou um pouco a água fria da piscininha, mas nada que cinco minutinhos lá dentro para entender que era bagunça! Amou comer os brinquedinhos com o gostinho da água salgada (Como impedir? impossível ahahaha), dançou, riu. Delícia total! Saiu de lá exausto e tirou duas boas sonecas depois!

Copacabana

Primeira vez do Biel na praia!

Bebê na piscina

Primeira vez na piscina

Piscina
Ficamos tão animados com a ida a praia, que resolvemos levá-lo na piscina no dia seguinte! Também estranhou no começo, mas cinco minutos depois estava totalmente ambientalizado =P

Share: